São Bernardo e Vila Aeroporto População: 2523

O bairro São Bernardo está localizado na regional norte de Belo Horizonte, próximo ao aeroporto da Pampulha, fazendo divisas com a vila Aeroporto, São Tomás e bairro Heliópolis.

Vila São Bernardo

O bairro São Bernardo está localizado na regional norte de Belo Horizonte, próximo ao aeroporto da Pampulha, fazendo divisas com a vila Aeroporto, São Tomás e bairro Heliópolis.
Antes conhecido como arraial “Embiras”, o bairro às margens do Córrego Pampulha tinha uma pequena venda e poucas casas. Era povoado por criadores de cabras, atividade tão expressiva que fez com que o lugar passasse a ser conhecido como “Vila dos Cabritos”.

De acordo com a pesquisa histórica feita pelo Centro Cultural São Bernardo, em 1927, o terreno da pequena vila foi comprado pelo então prefeito de Belo Horizonte, Celso Melo de Azevedo, para ser habitado pelos moradores da Pedreira Prado Lopes que seriam desapropriados. Entretanto, o primeiro registro oficial do bairro São Bernardo é datado de 21 de Maio de 1941, pela empresa imobiliária São Bernardo, que cita o local denominado Embiras, no Distrito de Venda Nova, numa área de 26.970 m2.

Segundo moradores mais antigos, morar na “Vila dos Cabritos” era agradável, a água brotava em pequenas nascentes no meio da mata, o riacho era a lavanderia dos poucos moradores ali existentes e também fonte de boa pesca, pois a água era clara e não havia lançamento de esgotos no rio. De acordo com os entrevistados, naquela época a comunidade não tinha ruas, somente trilhas e caminhos para circular.

A região também não tinha água e nem energia elétrica. Os moradores ouvidos pela equipe do Favela é Isso Aí contam que a água foi instalada na comunidade em 1958 e logo em seguida chegou a energia elétrica. Aos poucos, foram sendo ampliadas as melhorias, como saneamento básico e abertura de ruas.

O numero de moradores foi crescendo e em 1959 foram construídas casas para a população carente da cidade, mas sem a devida regularização do terreno. Em 1962, foram abertas algumas ruas e começou a circular no bairro a primeira jardineira, de propriedade do Sr. Hélio, conhecida como Carro 2. Depois a jardineira foi substituída por um ônibus que circulava de duas em duas horas, a linha 111.

De acordo com a pesquisa histórica feita pelo Centro Cultural São Bernardo, no ano de 1962, na administração do então prefeito Jorge Carone, foram doados lotes para pessoas vindas de varias regiões da cidade. No início alguns moradores foram morar em casas de tábua, pois não tinham ainda condições de construir as casas; outros ficaram temporariamente no grupo escolar que havia na comunidade.

Em 1964, a imobiliária que era proprietária do loteamento doou à Sociedade São Vicente de Paulo uma área para construção da igreja Matriz do bairro. Movimentados pela igreja, os moradores formaram um grupo para lutar por melhorias na comunidade, criando a Aliança Progressista do Bairro São Bernardo, comitê criado em 29 de junho de 1965, posteriormente registrado tendo como presidente o Sr. Waldomiro Gomes de Almeida. A Aliança lutou para conseguir a instalação da linha de ônibus, pavimentação, instalação do posto médico, gabinete dentário e outros benefícios.

Em 01 de julho de 1972 foi fundada a Associação de Amigos do bairro São Bernardo, com a finalidade de promover trabalho beneficente, voltado para melhorias sociais e assistência à comunidade, que resultou em criação de creche, implantação de redes de esgotos e outros benefícios.

Em 1970, o riacho existente no bairro foi utilizado para receber o esgoto pluvial e sanitário. Na região foram instaladas torneiras públicas para utilização da população. Após essa data e até os dias de hoje os moradores sofrem bastante com inundações do córrego Pampulha, que chega a invadir as casas situadas em seu entorno.

Nos dias atuais, o bairro São Bernardo é um dos maiores de Belo Horizonte, e possui posto médico, centro comunitário, centro cultural, igrejas, escolas, creches, associação comunitária, centro de recuperação de alcoólatras, times de futebol, bares, restaurantes, praças, avenidas, transporte urbano, serviços de água, luz, esgoto e telefone, além de área comercial.

Importante destacar a presença do Centro Cultural São Bernardo – CCSB, que nasceu da mobilização da comunidade para transformar um antigo Posto de Policiamento Ostensivo – PPO em espaço cultural. Esta mobilização se fez através de discussões, eventos, oficinas e reuniões entre representantes da comunidade e do poder público municipal. A inauguração do CCSB deu-se em 18 de dezembro de 1994, em parceria entre a então Secretaria Municipal de Cultura e a Administração Regional Norte. Em 07 de novembro de 2004 foi inaugurada a nova sede, com auditório para 100 pessoas, sala de oficinas, biblioteca, banheiros, camarim, cozinha administração e área externa.

O futebol é um esporte de grande expressão na região do São Bernardo, Vila Aeroporto e São Tomás, com vários times amadores que disputam a copa Serie A. Entre eles, cita-se o time São Bernardo, com estádio próprio na vila, o Estádio Benito J. de Oliveira – Benezão, onde os times disputam campeonatos regionais e as crianças e jovens participam de projetos esportivos.

Vila Aeroporto

A Vila Aeroporto é também chamada pelos moradores de “Ilha”, pela sua localização separada do bairro São Bernardo pelo Córrego Pampulha, sendo seu acesso feito por uma ponte.

A ocupação da Vila teve início na década de 1960. De acordo com informações disponíveis no site da PBH / URBEL, a área pertencia a herdeiros e foi vendida para uma imobiliária, que não conseguiu aprovar o loteamento. Aos poucos, os terrenos foram ocupados por famílias vindas do interior – principalmente do norte de Minas e do Vale do Aço – e também de bairros vizinhos.

Segundo Dona Helenita, que veio de Governador Valadares para morar na vila por volta de 1967, na época existiam na vila umas poucas casas de madeira e não havia energia elétrica, que só foi instalada no início dos anos 70. Dona Helenita morava na Rua Cecília Pinto, numa casa com quintal e muitas árvores frutíferas, próximo ao córrego Pampulha. A família de dona Helenita é uma das removidas pelo programa Vila Viva, que vai construir, em seu terreno, apartamentos para reassentamento dos moradores.

Na década de 70 ocorreram mais ocupações, desta vez próximas à ponte, que foram adentrando até onde atualmente está localizado o campo de futebol do time Oriente. No período entre 1985 e 1989, segundo dados constantes do site da PBH / URBEL, verificou-se uma intensificação do processo de ocupação, com forte adensamento populacional, o que veio a dificultar a construção de novas moradias. Não há registros ou notícias de ameaças de expulsão dos moradores do local.

A comunidade sofreu muito com enchentes no córrego Pampulha, sendo que em 1978 ocorreu uma das mais fortes de todos os tempos, deixando vários barracos da vila inundados pelas águas.

As melhorias conquistadas pela comunidade, tais como iluminação pública, pavimentação das vias, água canalizada e rede de esgoto, ocorreram em 1989. Segundo entrevistados, era período eleitoral e muitos desses serviços foram executados sem planejamento, às pressas, e até mesmo de forma inadequada, como foi o caso da rede de esgoto.

Atualmente a comunidade está sendo objeto de intervenções por parte do Programa Vila Viva, que propõe melhora a situação das vilas Aeroporto e São Tomás no que se refere aos problemas e riscos causados pelas inundações do Córrego Pampulha. O programa prevê a remoção de 1.155 famílias, das quais 440 serão reassentadas em apartamentos construídos nas próprias vilas.

Além disso, está previsto um projeto de revitalização do Campo de futebol do Clube Oriente, com iluminação e construção de arquibancadas ao redor do campo. No entorno do córrego, será construído um parque linear, com praças, áreas de lazer e caminhada.

FONTES:
Material de pesquisa história do Centro Cultural São Bernardo.
Moradores antigos entrevistados pela equipe Favela é Isso Aí: Onofra Lopes de Melo, Nair de Jesus Lourenço Lopes, Wilton Roberto Lopes, Helenita Ferreira.
Plano Global Específico (PGE) da Urbel – nov./2001.
Site PBH / URBEL.

Calendário

Festa Mês Dia Local
Aniversário do Bairro Julho Paróquia São Bernardo
Festa da Consciência Negra Novembro 20 Paróquia São Bernardo
Festa das Crianças Outubro 12 Ruas da comunidade
Festa Nossa Senhora do Rosário/Congados Setembro Ruas da comunidade em frente a Escola Municipal Ma
Festa Religiosa Igreja Católica Agosto Rua Cecília Pinto em frente à Paróquia São Bernard
Festas Juninas Junho Ruas da comunidade

Todas as comunidades

Dados demográficos

A pesquisa realizada pela equipe da ONG Favela é Isso Aí e bolsista da comunidade revelou que existem pelo menos 20 artistas-solo e grupos culturais na região das vilas São Bernardo e Aeroporto, totalizando 175 pessoas envolvidas em atividades artístico-culturais.

Área: 76.042 m2
População: 2.523 habitantes
Número de domicílios: 812

Mais informações

Dados demográficos

A maior parte da produção artística da região tem na área de Música seu foco, somando 12 cadastros, o que correspondia a 60% do total. Destaques nessa área são as Rosas do São Bernardo, sobre as quais Favela é Isso Aí realizou um documentário, além de Mestre Conga, cujo release está apresentado no item Artistas Destaque.

Em segundo lugar estão os artistas envolvidos na produção de Artes Plásticas, atividade desenvolvida por três cadastrados da comunidade. As áreas do Artesanato e da Dança vêm em seguida, com dois representantes cada uma. Também foi encontrado um artista da área do Teatro, cujo release está apresentado no item Artistas Destaque.

A maior necessidade relatada pelos entrevistados da comunidade é a falta de recursos materiais e financeiros para produção do trabalho artístico (item citado por 65% dos artistas cadastrados). Em seguida, foi mencionada a necessidade de divulgação dos trabalhos (opinião de 35% deles) e a falta de espaços para produzir, ensaiar, expor e/ou apresentar seu trabalho, citada por 20% dos artistas.

×

Equipe

Supervisor de Pesquisa
Edmar Pereira da Cruz

Bolsista da comunidade
Daniel Alves Ligório

Redação dos textos
Edmar Pereira da Cruz

Revisão
Clarice Libânio


Entidades

São Bernardo e Vila Aeroporto
São Bernardo e Vila Aeroporto
São Bernardo e Vila Aeroporto
São Bernardo e Vila Aeroporto
São Bernardo e Vila Aeroporto
São Bernardo e Vila Aeroporto
São Bernardo e Vila Aeroporto
São Bernardo e Vila Aeroporto
São Bernardo e Vila Aeroporto
São Bernardo e Vila Aeroporto
São Bernardo e Vila Aeroporto
São Bernardo e Vila Aeroporto
São Bernardo e Vila Aeroporto
São Bernardo e Vila Aeroporto
São Bernardo e Vila Aeroporto
São Bernardo e Vila Aeroporto

Artistas

Logomarcas