Vila Santa Rita População: 1

Até o ano de 1984, o local que hoje abriga a Vila Santa Rita era uma fazenda, que foi desapropriada pela Prefeitura de Belo Horizonte, na gestão de Hélio Garcia. Dois anos depois, o terreno, localizado na Região do Barreiro, foi repassado para a gestão do Prefeito Sérgio Ferrara, que cedeu material e assistência técnica para os novos moradores construírem suas casas populares.

Até o ano de 1984, o local que hoje abriga a Vila Santa Rita era uma fazenda, que foi desapropriada pela Prefeitura de Belo Horizonte, na gestão de Hélio Garcia. Dois anos depois, o terreno, localizado na Região do Barreiro, foi repassado para a gestão do Prefeito Sérgio Ferrara, que cedeu material e assistência técnica para os novos moradores construírem suas casas populares.

Dia dois de fevereiro de 1988 começou a ser construída a primeira casa, na Rua José Pedro de Brito, através de sistema de mutirão. A Prefeitura também cedia lotes e distribuía entre as pessoas sem moradia, cadastradas, e residentes em Belo Horizonte há pelo menos dois anos. No entanto, a propaganda política na TV atraiu pessoas de outros lugares do Brasil, como Ceará, Alagoas e Sergipe.

A construção das casas ocorreu sem conflitos e foi legalizada pelos governos federal, estadual e municipal. Os moradores que podiam pagar, já recebiam o alicerce pronto, contratavam mão-de-obra local para a finalização e, normalmente, ajudavam carregando o material. Os moradores que sabiam construir ergueram suas próprias casas. Naquela época, a infra-estrutura encontrada na área limitava-se a ruas abertas, algumas calçadas e rede de esgoto precária. Não havia água, nem luz.

Em abril de 1988 foi criada a primeira associação de moradores, chamada Associação de Moradores da Vila Santa Rita, com o objetivo de fiscalizar irregularidades percebidas no sistema de distribuição de material de construção. Para defender os moradores dos desvios de material, a associação se organizou e fez denúncias na antiga TV Bandeirantes e na Rádio Itatiaia, causando polêmica. Obter luz e água para a Vila Santa Rita também eram interesses colocados em pauta pela associação. A questão da água demorou a ser solucionada. A COPASA trabalhou entre 1988 a 1995 para dar conta da demanda da população local, que crescia e fazia com que o consumo de água aumentasse proporcionalmente. A luz chegou a Vila Santa Rita em 1988.

A primeira liderança local a se destacar foi Argemiro Hipólito Cassiano Gonçalves, que presidiu a Associação de Moradores da Vila Santa Rita por 12 anos, entre 1988 e 2000, quando renunciou ao cargo.

A comunidade ainda reivindica soluções para questões como a falta de documentação de registro das casas, falta de uma creche dentro do bairro e mais investimentos em infra-estrutura. O Campo de Futebol da Vila Santa Rita está precisando de reformas, iluminação e também a construção de uma praça para proporcionar o convívio social e o lazer para a comunidade.
Na área cultural destaca-se a Associação Cultural de Capoeira Social Santa Rita, que funciona desde 1990, coordenada por José Antônio Tito, artista conhecido como Mestre Tito, capoeirista e dançarino do grupo Brother Soul, famoso em todo Brasil. O objetivo da entidade é promover a socialização de crianças e jovens da Vila Santa Rita, Conjunto Castanheiras I e II e Vila Pinho, através de aulas de capoeira e esportes. Hoje a Associação possui 150 associados e realiza eventos culturais na região. Entre as manifestações culturais presentes na Vila estão a dança, o artesanato, a capoeira, a música, o rap, o grafite e o congado.

Na área educacional, os equipamentos que atendem a população local são: Escola Estadual Doutor Aurino Morais, Escola Municipal Luiz Gonzaga Júnior e a Escola Municipal Jonas B. Correia.

Calendário

Festa Mês Dia Local
Dia das Crianças Outubro 12 Rua José Pedro de Brito
Festa da Capoeira Santa Rita Abril Rua Jose Pedro de Brito
Festa junina – Quadrilha Junho Rua José Pedro de Brito

Todas as comunidades

Dados demográficos

Informação indisponível.


Equipe

Supervisor de Pesquisa
Edmar Pereira da Cruz

Pesquisador
Juliano César Pereira Jardim

Bolsista
José Antonio Tito

Estagiária
Luciana Matsushita

Revisão de Textos
Edilene Lopes


Entidades

Vila Santa Rita
Vila Santa Rita
Vila Santa Rita
Vila Santa Rita
Vila Santa Rita
Vila Santa Rita
Vila Santa Rita
Vila Santa Rita
Vila Santa Rita
Vila Santa Rita
Vila Santa Rita
Vila Santa Rita
Vila Santa Rita

Artistas

A pesquisa realizada pela equipe da ONG Favela é Isso Aí e correspondentes bolsistas da comunidade revelou que a Vila Santa Rita/ Conjunto Jatobá I tem pelo menos 12 artistas solos e grupos culturais. A maior parte da produção artística é na área de artesanato, somando 05 cadastros (41,66%). Em segundo lugar está a dança, representada por 03 cadastrados na comunidade. Música (02), folclore e religiosidade (01) e artes plásticas (01) nesta ordem, são as atividades menos desenvolvidas. A maior necessidade relatada (75%) é a de recursos materiais e financeiros para produção do trabalho artístico. Seis entrevistados (50%) disseram ter necessidade de espaço para produzir, ensaiar, expor e/ou apresentar seu trabalho e 05 (41,66%) disseram ter necessidade de divulgação de seu trabalho.

Logomarcas